Sabe quando Deus te presenteia?

Pois foi assim que me senti quando tive o prazer de conhecer o Carlos Berenguer!

Sim, para sua competência

Sim, para sua dedicação

Sim, para honestidade

Sim, para o seu carácter indiscutível

Sim, para o seu comprometimento com o outro

Sim, para o teu : “vai… você consegue

Enfim, SIM para todos os predicados que te fazem ser esse profissional e amigo tão querido.

Gratidão, sempre!

[Célia D.]

 

*

Conheci o Carlos Berenguer em 2016.
Estava a viver um novo desafio, a frequentar um grupo de motivação designado VIЯAR, que visa especialmente a mobilização, a partilha de recursos e a valorização pessoal e profissional. E fez comigo algumas sessões de Consultoria de Percurso Profissional.

Destacou-se pela sua capacidade transformadora, maturidade e pela forma como integrava a sua história pessoal e profissional em novos posicionamentos onde a Facilitação de Coaching já era uma opção. Reactivou-se rapidamente com trabalho na Câmara de Municipal Cascais e colaborou em eventos da Divisão de Empregabilidade e Promoção de Talento, onde o seu testemunho (em diferentes qualidades) foi sempre uma mais-valia preciosa e fonte de inspiração para outros. Pelo percurso de qualificação profissional e de superação pessoal do Carlos Berenguer estou segura de que possui os Skills, os Conhecimentos e a Experiência reflectida que são necessários à função Facilitador de COACHING.
Desejo os melhores sucessos.

[Isabel P. – PhD Educação, Consultora de Percurso Profissional, Formadora e Terapeuta Familiar]

 

*

Estou muito grata de ter conhecido alguém muito especial, Carlos Berenguer.

O Carlos que com o seu ar tranquilo, sempre de bem com a vida, me criou muita curiosidade em falar com ele.

É uma curiosidade imensa de perceber o desconhecido e que tenho bebido as suas palavras com enorme curiosidade.

Todos dias me têm feito ver que a vida a vale a pena.

Tornei-me um pouco mais tranquila, embora muito nervosa por natureza, lembro-me de certas palavras e mudo a reacção. “Calma assim não consegues”.

Perceber como ultrapassar momentos menos bons que nunca iremos esquecer mas lembrar com gratidão.

Vamos lutar e agradecer por tudo o que passamos no dia-a-dia.

Ao longo do dia é impensável fazer algo e não pensar, já ouvi isto, o Carlos diz que assim talvez seja melhor.

Depois de lhe confessar qual a minha grande dor, ter a minha mana do outro lado e não conseguir esquecer, soltar ela de mim…

Recebi palavras, ensinamentos que comecei a fazer e recebi um grande presente, um sonho lindo com a minha mana.

Tive a sorte de ter o sonho mais lindo, desde há 10 anos. Foi um momento inesquecível.

Embora muitas vezes tenha a certeza que ela está junto a mim, sinto a presença mas não a vejo.

Agradeço por me ter feito perceber que o facto de não vermos as pessoas fisicamente, onde estão, estão certamente a fazer o melhor por nós.

Mais uma vez agradeço ao Carlos.

É fantástico em tão pouco tempo a cumplicidade que ganhei com o Carlos, que me fez perceber tanto da vida, e sempre que for possível quero aprender mais.

Não tenho como agradecer, o amigo que ganhei, um profissional fantástico.

Grande ser humano.

Nunca vou ter como agradecer todo o tempo que me tens dedicado.

Obrigada, obrigada vezes sem conta.

Espero que tenhas o melhor da vida, mas estarei aqui sempre para te agradecer e ouvir.

[Susana]

 

*

Imagem

​Vou contar um pequeno trecho de um teatro que vi há muitos anos e que repetimos na nossa vida profissional e pessoal sem nos apercebermos nos disso.

Andamos à volta de um candeeiro de luz à procura de algo importante, algo que mexe com os nossos sentimentos com a nossa estabilidade. Aparece alguém para nos ajudar, e também começa as voltas ao nosso lado, até que nos faz a pergunta certa: o que procuras perdeste onde? Ali no escuro, mas tenho medo e procuro aqui onde tem luz.

O Carlos, ajuda-nos nas perguntas porque as respostas estão dentro de nós.
Obrigado

[Hélia P. – Diretora de Marketing da EtnoRumos, Audiovisuais]

 

*

Quero muito agradecer toda a ajuda que me deu.

Podia ter seguido o seu caminho e parou para me ajudar, para me acalmar.

Foi muito importante para mim.

[Catarina]

*

Agradeço de coração os seus ensinamentos. Um mestre a fazer bem ao próximo. O Senhor deu-lhe o dom de ajudar, de cuidar, de “levantar”/motivar pessoas. Sente-se no que transmite. Isso é amor ao próximo mesmo sendo o seu trabalho. Quantas vezes fico a reflectir nas palavras que escreve, breves, mas de convicção, de força, de bem querer fazer por amor ao próximo.

OBRIGADA

[Anabela F. F.]

 

*

Conheci o Carlos, casualmente, nas redes sociais.

De imediato me chamou a atenção pela sua assertividade, pela sua inteligência, pela sua tão nobre e certeira forma de encarar a vida.
Passámos a ser “amigos” e a “seguir-nos”, virtualmente.
Dia após dia, o interesse pela sua escrita sábia, fez com que a minha atenção em tudo o que escrevia, crescesse. Assim continua até aos dias de hoje e continuará até que mo permita.

Atento que é ao próximo, a determinada altura, o Carlos apercebe-se que estou a passar por uma fase complicada da vida e, sem nada me dizer, prontamente, me faz chegar o seu testemunho.
Agradeci, li e reli de imediato, e o resultado foi este:

Carlos, não resisti e li de uma vez só.
Não tenho palavras que consigam descrever como me sinto.
Fiquei sem chão…
Ao pé de mim o Carlos é gigante. E ainda bem.
Obrigada.
Obrigada pela partilha do seu testemunho.

Obrigada por me “sacudir”.
Obrigada, obrigada, obrigada.

Bem haja
Carlos, já to disse em particular mas, gostaria de to repetir:
Cada vez sinto mais admiração por ti.
Gosto e preciso de te ler.

Acrescentas-me sempre qualquer coisa, fazes-me reflectir e, transmites-me confiança.
Parabéns e muito sucesso neste teu novo projecto.

Muito mais teria para escrever, tu sabes, mas tenho que deixar espaço para outras pessoas que, estou certa, serão muitas, te deixarem as palavras que tanto mereces.
Obrigada por me ensinares que sim, é possível, SUPERAR, SUPERAR-NOS!

[Ângela G.]